segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Caminhada nórdica

Uma nova maneira de caminhar está atraindo a atenção no hemisfério norte. Na Suécia muita gente pratica a caminhada nórdica, uma técnica para caminhar segurando dois bastões que permitem a redução do impacto do peso do corpo sobre as pernas e, ao mesmo tempo, provocam a movimentação mais intensa dos membros superiores e do tronco.

A caminhada nórdica combina a simplicidade da caminhada com o envolvimento dos membros superiores, assim como é realizado no esqui nórdico (modalidade esportiva praticada em terreno acidentado, e que surgiu na Escandinávia como entretenimento). O resultado é uma atividade física ao ar livre, de baixo impacto mas excelente para o condicionamento físico.

Trata-se de uma caminhada com o corpo inteiro. Devido a incorporar exercícios para os membros superiores, a caminhada nórdica resulta em maior gasto calórico, sem necessidade de andar mais rápido. Ela envolve mais de 90% dos grupos musculares associados à redução do impacto nas articulações dos membros inferiores. Já a caminhada clássica utiliza cerca de 70% da massa muscular, com impacto total nas articulações. A nórdica também produz um aumento de 46% do consumo energético quando comparada com a caminhada clássica. Além disso, aumenta a resistência do corpo em 38% em apenas 12 meses de prática. A caminhada nórdica pode ser recomendada para quem tem problemas em articulações de joelho, quadril e coluna vertebral, porque reduz em 30% a carga sobre o aparelho locomotor.

A caminhada nórdica teve origem nos anos 1930, na Finlândia, quando atletas buscavam maneiras para treinar esqui durante o verão. A questão era que precisavam manter a boa forma física para enfrentar as competições de inverno, mas não havia neve suficiente para esquiar. Os resultados de andar com bastões revelaram-se positivos para o condicionamento físico. A atividade foi incorporada ao treinamento. Nos anos 1980, estudos comprovaram os benefícios da prática. No final dos anos 1990, atletas e médicos da área esportiva desenvolveram a técnica da caminhada nórdica. Desde então, a modalidade foi adotada pelo baixo impacto e pela eficiência no condicionamento físico, em qualquer clima. Hoje, no inverno ou no verão, a caminhada nórdica é praticada no norte da Europa por aproximadamente 10 milhões de pessoas que buscam a modalidade como esporte ou simplesmente como forma de lazer. Em qualquer lugar, ela pode ser praticada: calçada, shopping, parque, pista, trilha, praia, montanha. No geral, o praticante escolhe lugares ao ar livre para fazer longas caminhadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ideias.

Postagens Recentes: