sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Combinar café com exercício físico pode ser um risco

Dados apresentados pelo Hospital Universitário de Zurique, na Suíça, não veem com bons olhos a parceria café e atividades físicas. No estudo, pesquisas levantaram a hipótese de que a cafeína poderia baixar o rendimento dos exercícios a longo prazo. Ela não é tão inofensiva quanto se imaginava e a ingestão de café não seria indicada nem mesmo antes da prática esportiva. 

Sabe-se que o café contém substâncias e propriedades que estimulam o sistema nervoso, ajudando a manter o poder de concentração. A bebida também tem poder antioxidante, que colabora com a redução dos índices de risco de doenças como o diabetes. Além disso, a cafeína também estaria associada à diminuição das dores musculares pós-atividade física e ao metabolismo, auxiliando na queima de gordura. 

Mas os médicos suíços acreditam que misturar a bebida com atividade física é um risco. Os estimulantes contidos na bebida colaboram para o aumento da frequência cardíaca e em longo prazo, esses riscos aumentam a pressão arterial deixando o organismo suscetível às doenças vasculares. A orientação é que o consumo do café seja feito duas horas antes ou após as refeições principais, não ultrapassando três xícaras ao dia, e nunca antes ou depois da atividade física. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ideias.

Postagens Recentes: