terça-feira, 17 de maio de 2011

Ar exalado na respiração pode indicar presença de doenças


Pesquisadores da Universidade Rey Juan Carlos e do Hospital do Alcorcón, ambos na Espanha, acabam de desenvolver um método de análise para identificar doenças respiratórias pelo ar exalado. Com a identificação de compostos químicos eliminados pelas vias respiratórias, os cientistas esperam fazer o diagnóstico precoce do câncer de laringe e de doenças que antecedem esse tipo de câncer.

Dividida em três etapas, a pesquisa procurou identificar compostos orgânicos voláteis que pudessem servir como marcadores de determinadas doenças respiratórias. Na primeira fase, foram colhidas amostras de ar exalado por diferentes voluntários. Em seguida, os cientistas determinaram a concentração dos marcadores que estavam presentes nas amostras. Por último, foi possível relacionar a quantidade de cada um desses marcadores com determinadas doenças.

De acordo com a pesquisa, esses compostos voláteis são produzidos por processos metabólicos. Isso significa que a concentração presente no ar exalado pode estar relacionada com a presente no sangue, que é um indício de que a doença está em desenvolvimento.

Câncer de laringe

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, há cerca de 7.000 novos casos desse tipo de câncer todos os anos no Brasil. O tipo de câncer de laringe mais comum é o carcinoma espinocelular (tumor maligno das células espinhosas da epiderme), que chega a representar 95% dos casos. Esse tipo de tumor é mais frequente em homens de 60 a 70 anos, que apresentam fatores de risco como a combinação do consumo de álcool com o cigarro.

Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas ideias.

Postagens Recentes: